quarta-feira, 4 de abril de 2018

II GUERRA MUNDIAL: A COBRA FUMOU


II Guerra Mundial foi um conflito militar global que durou 6 anos (de 1939 a 1945), envolvendo a maioria das nações do mundoincluindo todas as grandes potênciasorganizadas em duas alianças militares opostas: os Aliados e o Eixo.
Os países Aliados representavam basicamente os mesmos que formaram a Tríplice Entente durante a Primeira Guerra Mundial. No comando dessa força de coalizão estavam os Estados Unidos, o Reino Unido e a União Soviética. O Reino Unido esteve na guerra desde o começo por ser a grande potência mundial e considerado inimigo do nazismo de Hitler. os Estados Unidos entraram na guerra após o ataque japonês sofrido em suas bases militares em Pearl Harbor, no Pacífico. Enquanto a União Soviética aderiu ao conflito pelo rompimento do pacto nazi-soviético em 1941, marcado pela invasão do exército alemão em território soviético. Assim se uniram as principais forças dos Aliados.
Vários outros países integraram as forças Aliadas na Segunda Guerra Mundial, sendo que China, Polônia e a parte da França livre foram grandes aliados no combate, ocuparam o segundo escalão entre o grupo. Formavam ainda o grupo: Austrália, Nova Zelândia, Nepal, África do Sul, Canadá, Noruega, Bélgica, Luxemburgo, Países Baixos, Grécia, Iugoslávia, Panamá, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Haiti, Honduras, Nicarágua, Guatemala, Cuba, Coréia, Checoslováquia, México, Etiópia, Iraque, Bolívia, Irã, Colômbia, Libéria, Romênia, Bulgária, San Marino, Albânia, Hungria, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Turquia, Líbano, Arábia Saudita, Argentina, Chile e Dinamarca.
 Na época diziam que era mais fácil a cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra. O Brasil também aderiu aos Aliados sendo o único país da América do Sul a enviar tropas para os combates em território europeu. E aí as pessoas viram que "a cobra fumou".

Marcado por um número significante de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, com mais de setenta milhões de mortos.
Neste livro você vai ter conhecimento da participação brasileira e da cidade de Pirassununga neste conflito sangrento. Você vai conhecer quem são as vinte e oito pessoas que participaram na Itália, pela Força Expedicionária Brasileira.

terça-feira, 3 de abril de 2018

REI SALOMÃO: O CONHECIMENTO E A SABEDORIA


O rei Salomão foi o terceiro rei de Israel, filho de Davi e Bate-Seba. O rei Salomão governou sobre Israel aproximadamente entre 971 e 931 a.C.
Salomão é conhecido por sua sabedoria, e por ter sido o rei que construiu o primeiro Templo de Jerusalém.
O nome do rei Salomão aparece cerca de 300 vezes no Antigo Testamento e 12 vezes no Novo Testamento. Entretanto, Salomão não é mencionado na narrativa bíblica até que são descritos os últimos dias de seu pai, o rei Davi.
O rei Salomão também era conhecido por Jedidias, que significa “amado pelo Senhor”, como assim foi chamado pelo profeta Natã. Não existe praticamente nenhuma informação sobre os primeiros anos de vida e a juventude de Salomão.
Sabe-se que ele foi o segundo filho de Davi e Bate-Seba, ex-mulher de Urias, já que o primeiro filho do casal morreu logo após o nascimento. Falando especificamente sobre seu pai, Salomão então foi o quarto dos filhos de Davi nascidos em Jerusalém.
Assim, Davi deu ordens acerca da ascensão de Salomão ao trono, e este foi coroado rei em Israel, sendo ungido por Zadoque. Provavelmente quando foi coroado rei, Salomão não tinha muito mais do que 18 anos.
O rei Salomão reinou por 40 anos em Israel. Os estudiosos discutem se o seu período de reinado ocorreu aproximadamente entre 971 e 931 ou entre 960 e 920 a.C., sendo a primeira possibilidade a mais provável.
Logo após a morte de Davi, o rei Salomão seguiu as instruções de seu pai e agiu em conformidade para solidificar sua posição como rei e desmantelar sua oposição. Assim, após as mortes de Adonias e Joabe, e o banimento de Abiatar, Salomão passou a reinar sem oposição interna.
O rei Salomão herdou de Davi um extenso território, com aproximadamente 128 mil quilômetros quadrados.
Rei Salomão: O Conhecimento e a Sabedoria é minha mais recente publicação pelo Clube de Autores.
Neste livro vamos conhecer um pouco sobre Salomão e seus livros: Provérbios, Eclesiastes e Cantares.
Venha participar conosco! Adquira seu exemplar impresso ou em e-book pelo site www.clubedeautores.com.br

sexta-feira, 30 de março de 2018

A PEQUENA NOTÁVEL, JÁ À VENDA

       Mantendo o nosso ritmo, nesta quinta-feira lançamos mais uma obra. Trata-se do livro "A Pequena Notável", um livro que vem de encontro aos ardorosos fans da nossa inesquecível Carmen Miranda!

Maria do Carmo Miranda da Cunha nasceu na cidade de Várzea da Ovelha e Aliviada, Marco de Canaveses, em Portugal, no dia 9 de fevereiro de 1909 e faleceu na cidade de Beverly Hills, Condado de Los Angeles, Estados Unidos, no dia 5 de agosto de 1955.  
Mais conhecida como Carmen Miranda, foi uma cantora e atriz portuguesa radicada no Brasil. Sua carreira artística transcorreu no Brasil e Estados Unidos entre as décadas de 1930 e 1950. Trabalhou no rádio, no teatro de revista, no cinema e na televisão. Foi considerada pela revista Rolling Stone como a 15ª maior voz da música brasileira, sendo um ícone e símbolo internacional do país no exterior.
Apelidada de "Brazilian Bombshell", Miranda é conhecida por seus exóticos figurinos e chapéu com frutas que ela costumava usar em seus filmes estadunidenses, que fez deles sua marca registrada.
Ainda jovem, ela aprendeu a fazer chapéus em uma boutique antes de gravar seu primeiro álbum com o compositor Josué de Barros em 1929. A gravação de Ta-hi (Pra Você Gostar De Mim), escrita por Joubert de Carvalho, a levou ao estrelato no Brasil como a principal intérprete do samba na década de 1930. Na época ela se tornou a primeira artista a assinar um contrato de trabalho com uma emissora de rádio no país.
Seu crescente sucesso na indústria fonográfica lhe garantiu um lugar nos primeiros filmes sonoros lançados nos anos 1930. Carmen Miranda participou de cinco musicais carnavalescos lançados nesse período como Alô, Alô, Brasil (1935) e Alô, Alô, Carnaval (1936).
 Em 1939, ela apareceu pela primeira vez caracterizada de baiana, personagem que a lançou internacionalmente, no filme Banana da Terra, dirigido por Ruy Costa. O musical apresentava clássicos como O que é que a baiana tem? que lançou Dorival Caymmi no cinema.
Em 1939, o produtor da Broadway, Lee Shubert, ofereceu a Miranda um contrato de oito semanas para se apresentar em The Streets of Paris depois de vê-la no Cassino da Urca, no Rio de Janeiro.
A História desta pequena notável é vibrante e cheia de emoções. Acompanhe toda a sua trajetória na leitura deste livro.
Adquira seu exemplar impresso pelo site www.clubedeautores.com.br ou pela Amazon, Lojas Americanas, Livraria Cultura, Estante Virtual, Submarinos, AgBook ou Mercado Livre, ou  versão e-book pelo Google play,  Apple, Kobo ou Amazon.

quarta-feira, 28 de março de 2018

THE GREAT OTHELO, MAIS UMA OBRA NO MERCADO!


Nascido no dia 18 de outubro de 1915, Grande Otelo é natural de Uberlândia (MG) e seu verdadeiro nome era Sebastião Bernardes de Souza Prata.  
O apelido Grande Otelo veio em 1932, quando entrou para a Companhia Jardel Jércolis, pioneira no teatro de revista. "The Great Othelo" foi o apelido criado pelo amigo Jardel Jércolis em 1932, que mais tarde, o ator passou a usar em português. Grande Otelo tinha 1,50 m de altura.
Apesar de sua característica cômica como ator, a vida real de Grande Otelo foi cheia de tragédias.
Otelo foi uma daquelas pessoas únicas que, bafejadas pela adversidade constante, parecem ter feito dela, à custa de sofrimento e de uma intensidade passional de viver, uma rota tortuosa de triunfo. O pai morreu esfaqueado e a mãe era alcoólatra. Quando Otelo já estava consagrado, sua mulher, depressiva, suicidou-se após matar seu filho e enteado do ator, uma criança de 6 anos.
Naquele momento, Otelo filmava, no papel de Julieta, a antológica cena do balcão com Oscarito, o Romeu, em Carnaval no Fogo. Veio a saber da tragédia pouco depois. Ele mesmo um cachaceiro de carteirinha, faltava a ensaios e espetáculos, desaparecendo por dias em porres de juntar criança ao seu redor.
Durante sua carreira, fez inúmeros filmes, entre eles as famosas comédias ao lado do cômico Oscarito, nas décadas de 1940 e 1950.  No cinema, teve como pontos altos da carreira a participação no filmeIts All True(1942), de Orson Welles.
Filmou tambémFitzcarraldo(1982) com o diretor Werner Herzog, na floresta peruana.
A partir dos anos 60, trabalhou na TV Globo, onde atuou em novelas e também na Escolinha do Professor Raimundo. Seu último trabalho foi uma participação na telenovela Renascer, pouco antes da sua morte.
Neste livro faço uma viagem no tempo e tempo passar aos nossos leitores toda a trajetória deste grande ator brasileiro. Você vai conhecer mais de perto e admirar mais ainda este pequeno Grande Otelo!